Designers e Programadores – Hipsters #71

Escute este episódio e descubra como designers e programadores trabalham e colaboram em um mesmo projeto, que ferramentas usam e como funciona essa interação.

Participantes:

  • Paulo Silveira, o host que não programa mais, mas lida bastante com os designers
  • Thiago Vilaça, líder do time de design na Alura
  • Vitor Guerra, lead product designer no Reclame Aqui
  • Carla de Bona, UX designer na Alura, na Caelum e na vida
  • Yuri Padrilha, instrutor e desenvolvedor na Alura

Desenho

Handoff

Prototipação

Gestão do design

Cursos bacanas na Alura de programação e design

Produção e conteúdo:

  • Alura Cursos online de Tecnologia
  • Caelum Ensino e Inovação

Edição e sonorização: Radiofobia Podcast e Multimídia

Leave a Reply

42 Comentários

  1. Bruno Gonçalves

    Legal o assunto! Mas, pouco acalorado o bate papo, faltou aí o Maurício “Balboa” Linhares para dar uma apimentada hehehe

    Ah, e a figura do backender nesse contexto?

      • Graças ao Angular 2+ tenho dado uma chance ao Front novamente, e saindo um pouco do Java 😀 Mas claro, que para HTML+CSS preciso de ajuda, por enquanto 😉

      • Fabio Moura

        Então foi eu… Da um spoiler ai pra gente e diz quem é o boss que vai estar no like a boss de amanhã? rsrs

  2. Takara

    Gostaria de uma talk falando sobre VueJS ou um “usar ou não usar JQuery?”. Seria interessante 🙂
    Valeu! Sempre acompanho vocês.

  3. Mateus Moog

    Sobre designer usar ou não Github: aqui na Pagar.me estamos fazendo nossa nova dashboard totalmente open source no Github, inclusive o design :).

    Se quiserem, deêm uma olhada no repositório: https://github.com/pagarme/pilot

  4. Davidson Silva

    Mais um ótimo podcast. Senti falta de vocês falarem do Gravit Designer…
    Se não conhecem, segue o link …https://www.designer.io/
    Parabéns pelo trabalho.

  5. Beto

    Podcast bem legal parabéns! Não conhecia a ferramenta para controle de fonte voltada a design vou testar. Sugestões: teria como colocar os links das ferramentas comentadas e incluir a funcionalidade de play/pause na div que contém a imagem do podcast, toda hora eu fico clicando tentando pausar e dar play ali rsrsr. Abraço!

  6. Lucas Palma Stabile

    Aqui vai meu relato de onde trabalho, empresa pequena umas 15 pessoas, temos só 1 designer e atualmente está montando umas telas para aprovação de um novo projeto. Acho que um dos embates aqui não é necessariamente entre programadores e o designer, mas entre o designer e o dono da empresa, que acaba ditando muito do layout do site como cores, fontes, espaçamento e muito mais. Fico me perguntando se isso é comum em empresas com pouquíssimos funcionários (no meu outro trabalho acabava acontecendo a mesma coisa), do dono ter aquele sentimento que o site, a solução é dele e é ele que deve ditar como ficará, em vez de deixar essa parte para os designers. Existe alguma maneira para aliviar isso pro designer, de convencer a chefia ou é acatar o que é pedido, mesmo se a experiência dele diz o contrário?

    • Aqui também acontece a mesma coisa Lucas, eu sou responsável pelo front de todos nossos projetos ou sites e todo design que eu faço o patrão fala alguma coisa.

    • Pelo que já vivi, o melhor modo de mudar isso é com dados e testes que comprovem suas hipóteses como designer, mas, sinceramente, não entendo essa postura de um líder… se você não cofia no trabalho do seu time ao ponto de mudar tudo que um designer faz, nem sei porque ele tem um time em primeiro lugar. Se você não confia em sua equipe pq contratou aquela pessoa? o.O

      • Lucas Palma Stabile

        Eu também não entendo. Eu acho que vai muito da pessoa ser a dona da empresa e tudo precisa sair de acordo dele. Sobre isso de testes é uma boa, lembrei do episódio dos testes A/B e parece que isso poderia ajudar mesmo, para comprovar com dados.

    • Kamilla Bittencourt

      O problema é o tempo que o teste pode levar, e geralmente essas empresas pequenas querem as coisas à jato, ai o argumento q fica dependendo do teste não pode existir, e isso só vira um ciclo. A melhor coisa a se fazer é pegar a mochila, coloca nas costas e sair andando, procurar outra beira pra trabalhar.

    • Paulo Silveira

      hehehe. ta no ar la na alura agora :).

    • @claytonpassos:disqus Cheguei a testar, mas não versionava arquivos de design como Dketch e Photoshop por não serem binários. O Abstract resolveu isso muito bem pro meu time 🙂

  7. Cleison Lima

    alguém pode me mandar o nome das ferramentas mencionadas neste podcast? as que substituem o photoshop

  8. Leandro

    Conteúdo Top

    let ps = “29b307e415a1962553d8d84576635381”
    console.log(ps)

  9. Jarbas Viana

    Gostei desse Hipster, será que tem como fazer um de Java sobre o mercado no brasil e no mundo.

  10. Ótimo podcast! Eu, como designer, acompanho o hipsters vez ou outra quando aparece algo que me interessa e esse programa resumiu bem a interação entre designers e devs. Eu gostaria de adicionar apenas uma ferramenta a mais que é a que usamos aqui na minha equipe. Como temos uma equipe com sistemas operacionais diferentes acaba que a solução do sketch não funciona muito bem para nós.

    Com isso achamos o UXPin que (apesar de alguns bugs aqui e acolá) supre muito bem todas as necessidades de nossa equipe. Desde criação de protótipos rápidos para validar um mapa de telas até o protótipo Hi-Fi com interações todas definidas e o mais importante de tudo, permitindo interação de vários designers no mesmo protótipo.

    Últimamente tenho ficado bem animado com as novidades do Adobe XD e agora com as features de handoff entregues em sua versão 2.0 já estamos fazendo alguns testes com a ferramenta. Pra mim, o Adobe XD deve ser a ferramenta que escolheremos no futuro faltando apenas micro interações (subir modal, deslizar drawer, etc) e a famigerada colaboração real time para virar a ferramenta de escolha da minha equipe!

  11. thiagokotter

    Sobre o “pixel perfect”, achei interessante o comentário de um participante que agora não lembro o nome (ouvi o podcast fazendo outras coisas ao mesmo tempo). Ele disse algo parecido com o seguinte: “eu como desenvolvedor preciso ter uma certa empatia pelo designer que fez aquele layout, pois ele perdeu seu tempo planejando cada cor e contraste, cada espessura de linha, cada margem…”.

    Eu como designer gráficoe sinto isso na pele muitas vezes. A gente perde tempo escolhendo a melhor paleta de cores e espaçamentos e tamanhos de fonte, a gente testa 15 vezes várias alternativas até chegar em algo que acreditamos ser o ideal (não são uma nem duas vezes, são quinze mesmo!) e daí recebemos um resultado que é extremamente fora das expectativas e dos detalhes friamente calculados.

    Claro que a gente releva quando pode, a gente pensa “não tá do jeito que eu queria, mas tá quase…”. E acaba servindo pro MVP. Mas que é frustrante, isso é! Frustrante pois não se trata de mero “capricho”, se trata de tentativas e erros, de 3 ou 4 horas de trabalho. E tá tudo lá, especificado no PS ou no AI (eu prefiro Illustrator, by the way).

    Mas também já tive EXELENTES experiências com programadores que me deram uma aula de UX, aplicando de maneira extremamente prática e funcional ideias de UX que só estavam no papel, sem esboço, sem protótipo, sem nada!

    Realmente precisamos ser “amigos” acima de tudo. Designers e programadores, UNI-VOS!

  12. Rodrigo Dias

    Qual é o serviço de GitHUb pra designs ?

  13. Nilton Filho

    Ótimo podcast. Fiz questão de apresentar alguns episódios para meu chefe no trampo.

Next ArticleTestes de unidade – Vida de Hipster #25